Henderson, Sigurdsson e Oxlade-Chamberlain (Everton x Liverpool - PL 2019-20)
Outubro 16, 2020

10 fatos para Everton x Liverpool

Muita coisa pode mudar em dez anos. No futebol, então, é quase uma vida atrás. O torcedor do Everton deve se sentir assim: é esse o tempo que o time azul de Liverpool não ganha do seu vizinho e rival.

Tudo pode mudar nesse sábado. Everton e Liverpool voltam a se enfrentar, no exato aniversário de dez anos da última vitória dos Toffees no dérbi da cidade. Será que 17 de outubro de 2020 fica marcado como a redenção da equipe?

Uma coincidência assim não pode ser desperdiçada, né? Separamos 10 fatos sobre Everton e Liverpool para você ficar ligado antes de dar o seu palpite — e curtir o jogo amanhã cedinho, às 8h30 no horário de Brasília!

1. Tabu destrinchado

Primeiro, vamos colocar em números o exato tabu que o Everton enfrenta. Desde 2010, são 22 confrontos sem vitórias contra o Liverpool, metade deles terminando em empate.

2. Início que impressiona...

Além da curiosidade em relação a data, o que torna o jogo dessa rodada tão interessante é o começo de temporada dos Blues. Quatro vitórias em quatro jogos e doze gols anotados. É melhor ataque da Premier League, ao lado de Leicester City e Tottenham.

Para uma sequência tão boa no início de um campeonato para o Everton, precisamos voltar até 1969, quando o time também venceu as quatro primeiras partidas — e terminou campeão inglês.

3. ...e faz história

Considerando também os jogos pela Copa da Liga Inglesa, são sete jogos na temporada e sete vitórias. É um início de temporada que o torcedor atual do Everton nunca viu. Literalmente: a última vez que o time teve 100% de aproveitamento após sete jogos foi na temporada 1894-95.

4. Everton: dúvidas na defesa

Nem tudo é positivo para os Toffees. O time terá o retorno de André Gomes, Allan e Seamus Coleman, mas o zagueiro Yerry Mina sofreu lesão na coxa enquanto servia a seleção colombiana. Será avaliado antes do jogo, assim como o lateral esquerdo Lucas Digne — outro a enfrentar problemas físicos enquanto defendia a equipe nacional.

O Everton provável para o dérbi é: Pickford; Coleman, Keane, Mina (Godfrey) e Digne; André Gomes, Allan e Doucouré; James Rodríguez, Richarlison e Calvert-Lewin.

5. Reds em busca de equilíbrio

O Liverpool vem apenas três pontos atrás do Everton, podendo dividir a liderança ao final da rodada. Em termos de empolgação, porém, o time fica devendo para os rivais. O grande problema dos Reds até aqui tem sido a defesa: são 11 gols sofridos em quatro partidas, incluindo a goleada sofrida na rodada anterior, 7 a 2 para o Aston Villa.

6. Outro tabu a defender

Os dez anos de tabu são a principal história do duelo, mas o Liverpool tem marcas próprias para celebrar. Será o quinto aniversário da estreia de Jürgen Klopp no comando do clube, o início da era que já teve título da Champions League e a esperada primeira conquista da Premier League.

Incrivelmente, o Liverpool não sofreu derrotas consecutivas na Premier League sob o comando de Klopp. Recorde que será posto à prova contra os rivais em seu melhor momento.

7. Liverpool: retornos importantes

Os Reds tiveram desfalques importantes causados pelo coronavírus: Thiago, Mané (confirmados), Xhaqiri e Keita (falsos positivos) perderam jogos, mas estarão disponíveis para o dérbi.

Se Klopp ganha opções para o meio-campo e ataque, continua com um grande problema na defesa. Alisson, com lesão no ombro, fica de fora por no mínimo um mês — Adrián, que falhou no primeiro gol contra o Villa, será titular novamente.

O onze inicial projetado para o Liverpool tem: Adrián; Alexandre-Arnold, Gomez, Van Dijk e Robertson; Henderson, Fabinho e Thiago; Salah, Firmino e Mané.

8. Procura-se gols em Goodison Park

Comentamos acima que 11 das últimas 22 partidas entre Everton e Liverpool terminaram em empate. Temos um dado ainda mais curioso: os três confrontos mais recentes em Goodison Park terminaram em 0 a 0.

Novo empate sem gols seria um recorde do futebol inglês — o primeiro confronto a terminar sem gols em quatro jogos consecutivos pela primeira divisão.

9. Placar magro não é novidade...

Esse histórico recente no Goodison Park ajuda a explicar os números de gols no confronto. Nos últimos 29 encontros, são 11 vezes acima de 2.5 gols e 12 duelos com Ambas Marcam — 38% e 41% das vezes, apenas.

Nos cinco jogos mais recentes, os resultados são ainda mais negativos: apenas uma vez, na vitória do Liverpool por 5 a 2 em dezembro de 2019, as duas marcas foram atingidas.

10. ..mas 2020 pode ser diferente

Os números do dérbi, porém, estão em contraste marcante com o que os times fizeram até aqui na temporada. Os jogos do Everton têm média de 4,25 gols/jogo, contra 5,50 do Liverpool.

Três dos quatro jogos dos Toffees na Premier League terminaram acima de 2.5 gols, todos eles também atingindo o Ambas Marcam. Mesmo número dos Reds: o 2 a 0 sobre o Chelsea é a única exceção dessa contagem.

Imagem: Reuters

Mais Postagens

Reguilon e Hudson-Odoi (Tottenham x Chelsea - Carabao Cup 2020-21)
Novembro 27, 2020

5 destaques de Chelsea x Tottenham

Domingo de eleição, pausa no Brasileirão. O segundo turno das disputas municipais tirou o futebol nacional do seu principal dia — melhor para quem curte o melhor do futebol europeu. Chelsea e...

Briga de jogadores (Internacional x Boca Juniors - Sul-Americana 2008)
Novembro 25, 2020

O que esperar de Internacional x Boca Juniors

As oitavas de final da Libertadores reservaram três confrontos Brasil x Argentina. Os dois primeiros terminaram empatados. A noite de hoje tem o terceiro duelo dessa lista —marcado por uma infeliz...

Lucas Pratto e Wellington (River Plate x Athletico-PR - Recopa 2019)
Novembro 23, 2020

Tudo ou nada na Libertadores e no Bolão

O penúltimo mês do ano vai chegando ao final — já, já entramos de vez no clima natalino. Mas não vamos pular etapa: a última rodada de novembro vem com tudo e você não vai querer perder um jogo...