Julho 5, 2019

6 informações sobre Brasil x Peru

Maracanã a postos para mais uma decisão. Desta vez, tudo saiu como planejado: a Seleção Brasileira chega à final da Copa América, para enfim atuar no estádio mais icônico do país. Último passo para a consagração da equipe, frente a um adversário que já se mostrou indigesto. O Peru foi responsável por dura eliminação recente do Brasil — e tem pique para incomodar mais uma vez.

As duas seleções já se encontraram nesta edição do torneio, e o Brasil se deu muito bem. Aquela goleada, porém, não deve se repetir. Os comandados de Ricardo Gareca fizeram duas sólidas partidas no mata-mata, contra Uruguai e Chile, e têm condições de complicar para cima da Seleção.

Quais histórias ajudam a explicar o que ambos times prometem para o domingo? Trouxemos XXX informações para mostrar as expectativas e histórico de Brasil e Peru:

1. “O que passou, já era

A goleada de 5 a 0 na fase de grupos exorcizou o fantasma de 2016, quando os peruanos venceram na rodada final e jogaram o Brasil para a terceira colocação, fora das quartas de final.

O perigo agora é outro: a comissão técnica trabalhou para lembrar aos jogadores que o encontro deste domingo tem circunstâncias bem diferentes das encontradas duas semanas atrás.

2. De volta à casa

Esta final marca também o retorno da Seleção ao Maracanã depois de uma ausência de 84 jogos. A última partida no estádio foi também uma final: vitória de 3 a 0 sobre a Espanha, que garantiu ao time de Luiz Felipe Scolari o título da Copa das Confederações em 2013.

No ano seguinte, a única forma de atuar no Rio de Janeiro era alcançando a final da Copa. A seleção chegou perto, mas foi frustrada pela Alemanha na semifinal. Na sequência, o ciclo do Mundial de 2018 não reservou nenhuma partida para a Cidade Maravilhosa, pelas Eliminatórias ou mesmo em amistosos.

3. Equilíbrio à vista

As duas equipes tiveram resultados semelhantes nos dois jogos de mata-mata. O Brasil superou o Paraguai nos pênaltis — mais um fantasma superado — após empate em 0 a 0. Em sequência venceu a Argentina por 2 a 0, evitando criar um tabu nas semifinais disputadas no Mineirão.

O Peru teve mais dificuldade para segurar o Uruguai, também por 0 a 0, antes de vencer nos pênaltis. Contra o Chile, aproveitou tanto o ímpeto inicial quanto os contra-ataques depois de abrir o placar. O 3 a 0 deu uma boa noção do que foi a partida — embora o goleiro Gallese tenha feito ótimas intervenções para impedir o gol chileno.

4. Fique de olho

Os contra-ataques peruanos serão a principal preocupação do Brasil na final. Gareca conseguiu criar um bom sistema defensivo para o Peru, montando até mesmo uma linha com 5 defensores em alguns momentos.

Além disso, o time tem tanto velocidade para puxar o contragolpe quanto um homem de muita qualidade para ser a referência no ataque. Paolo Guerrero tem força física e visão de jogo para disputar uma bola lançada, fazer o pivô ou distribuir para a melhor opção que se aproximar.

5. Um dentro, um fora, uma dúvida

O Brasil não deve ter surpresas em termos de escalação. A única dúvida é Filipe Luís, que ficou de fora da semifinal com dores na coxa. O lateral está em fase final de recuperação e ainda não está descartado.

Ao contrário de Willian. O meia sentiu incômodo no posterior da coxa durante a partida contra a Argentina e teve lesão constatada em exames pós-jogo. Fora dos planos para a final, abre espaço para Richarlison (recuperado de caxumba) ou David Neres serem a primeira opção de substituição ofensiva.

Marquinhos, que não completou os 90 minutos da semifinal, está recuperado da virose que enfrentou e deve manter seu posto no time.

6. Igual, mas diferente

O Peru não dá mostras de mudanças em relação à semifinal. O que significa um time bem diferente do que enfrentou o Brasil três jogos atrás. O zagueiro Zambrano se recuperou da contusão que o tirou daquela partida e forma a sólida dupla de defesa com Abram.

A alteração mais radical, porém, foi no ataque. Jefferson Farfán não teve a mesma sorte de Zambrano e acabou cortado do torneio. Porém, sua saída deu nova cara ao ataque peruano. Gareca deslocou Cueva para o centro, com os meias Carrillo e Flores assumindo os flancos.

O que se viu — principalmente na semifinal — foi um Peru com mais velocidade pelas pontas. Caminho que devem tentar explorar contra o Brasil.

 

O Brasil entra como favorito na final, assim como foi durante todo o torneio. O Peru vai ter que se desdobrar em campo para superar suas odds: 12.0 para vitória nos 90 minutos, contra 4.95 para o empate e apenas 1.30 para a vitória brasileira.

Quem acredita em triunfo brasileiro, portanto, pode se dar melhor em outras opções. Uma delas é confiando na defesa canarinho. Alisson e companhia ainda não foram vazados na Copa América e podem se juntar ao seleto grupo de apenas quatro campeões que atingiram este feito. Brasil sem levar gols paga 1.58. Combinando isto com uma vitória, temos Brasil ganha de zero cotado a 1.78.

O 188BET também tem uma promoção para você. Até R$ 50 devolvidos em sua aposta perdedora, em forma de aposta grátis, se Philippe Coutinho abrir o placar da partida. Para participar, sua aposta deve ser realizada nos mercados Resultado Exato, Ambas Marcam, Intervalo / Resultado Final ou Jogador a Marcar (1º gol ou Qualquer momento). Confira a página de promoções do 188BET para solicitar esta oferta!

Pronto para apostar de verdade?
Visite o 188BET.COM e faça apostas com dinheiro real em jogos de verdade. Retire seus ganhos com facilidade e segurança.

Seu primeiro depósito vale o dobro - Aposte pra valer

 

Sobre 188BET
O 188BET.COM é um site especializado em apostas ao vivo. Os mercados de futebol cobrem mais de 400 ligas diferentes, oferecendo, em média, 10 mil jogos ao vivo a cada mês. Faça apostas com dinheiro real em partidas de verdade. Seu primeiro depósito vale o dobro até R$200.

Imagem: Gazeta Press

Mais Postagens

Agosto 26, 2019

Welington Alves é o ganhador do mês de agosto

O mês de agosto foi extraordinário, contamos com os jogos do Brasileirão, Copa Libertadores, Copa Sul-Americana e Premier League. E o palpiteiro que faturou uma TV Full HD 40” foi o Welington Alves,...

Henderson e Xhaka (Liverpool x Arsenal - PL 18-19)
Agosto 23, 2019

5 informações de Liverpool x Arsenal

Dois times, 100% de aproveitamento. Não por muito tempo: Liverpool e Arsenal, os únicos dois clubes a venceram em ambas rodadas da Premier League 2019/20, se enfrentam neste sábado para tirarem a...

Patrick e Everton Ribeiro (Flamengo x Internacional - Brasileirão 2018)
Agosto 21, 2019

5 pontos sobre Flamengo x Internacional

O segundo confronto brasileiro nas quartas de final da Libertadores está pronto para começar. Flamengo e Internacional duelam por uma das vagas no “lado brasileiro” da chave, um dia depois de verem o...